Apresentação

XI Jornadas Ibéricas de Infraestruturas de Dados Espaciais (JIIDE 2020)

Lema das JIIDE 2020: "Contributos para o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono"

Atendendo à situação atual que vivemos provocada pela crise pandémica do Covid-19, a Direção-Geral do Território e o Centro Nacional de Informação Geográfica de Espanha decidiram que as XI edição das Jornadas Ibéricas de Infraestruturas de Dados Espaciais (JIIDE), previstas para o final de Outubro na cidade de Évora, não se vão poder realizar presencialmente.

Assim, foi decidido que estas jornadas no ano 2020 vão decorrer num modelo virtual.

Em breve serão anunciadas mais pormenores sobre o modelo adotado para a realização das Jornadas Ibéricas de Infraestruturas de Dados Espaciais 2020.

As Jornadas Ibéricas de Infraestruturas de Dados Espaciais (JIIDE) resultam de uma parceria entre a Direção-Geral do Território de Portugal, o Instituto Geográfico Nacional de Espanha, através de Centro Nacional de Informação Geográfica, e o Governo de Andorra. A XI edição desta conferência vai decorrer nos dias 28, 29 e 30 de outubro de 2020 em Évora e terá como pano de fundo as questões relacionadas com a economia de baixo carbono.

Num momento em que as alterações climáticas estão na ordem do dia, com cada vez mais cidadãos a tomarem consciência de que vivemos um período em que importa definir políticas ambientais mais eficazes, a informação geográfica e as infraestruturas de dados espaciais desempenham um papel crucial em todo este processo de mudança.

A Diretiva INSPIRE foi criada no ano de 2007 com o objetivo de criar uma infraestrutura de dados geográficos da União Europeia de apoio às atividades que possam ter impacto no meio ambiente. Passados treze anos o mote que presidiu à criação desta diretiva continua válido, com Portugal e Espanha a promoverem e a impulsionarem, desde a primeira hora, a aplicação da Diretiva INSPIRE nos respetivos países.

A Comissão Europeia definiu para o período 2019-2024 como uma das suas prioridades o “Pacto Ecológico Europeu”. Esta prioridade define um conjunto de ações que visam tornar a Europa o primeiro continente com impacto neutro no clima até 2050. Para que esta meta possa ser atingida vão ser desenvolvidas um conjunto de medidas para as empresas e para os cidadãos com vista a uma transição ecológica sustentável. Nos próximos anos o desenvolvimento económico dos países terá necessariamente que ter em consideração as modificações provocadas pelas alterações climáticas e assentar numa estratégia promovida pela economia circular, que assenta na redução, reutilização e reciclagem de materiais e energia.

A definição das características da informação geográfica que se pretende produzir no futuro, assim como a forma como esta é gerida através das infraestruturas de dados espaciais, terá que ter em consideração esta estratégia política da União Europeia.

O caráter ibérico das JIIDE constitui uma oportunidade e uma mais-valia para o conhecimento do que de mais relevante tem sido realizado nestas áreas de atividade em ambos os países.

As JIIDE são um evento constituído por comunicações sobre projetos e atividades que têm por base a informação geográfica, por workshops técnicos que visam partilhar o conhecimento sobre uma temática específica e por mesas redondas que pretendem promover o debate sobre uma determinada matéria.

As JIIDE foram pensadas para todos os profissionais da administração pública, do setor privado e da academia que lidam com informação geográfica e representam um espaço privilegiado de reflexão sobre a temática da informação geográfica, nomeadamente para todos os que utilizam ou pretendem vir a utilizar infraestruturas de dados espaciais no exercício das suas atividades.

A participação nas JIIDE é gratuita mas sujeita a uma inscrição prévia.

Direção-Geral do Território
© DGT 2020 | Todos os direitos reservados | Avisos legais