Saltar para o conteúdo principal
  >> Cartografia de Uso e Ocupação do Solo (COS, CLC e Copernicus)

Cartografia de Uso e Ocupação do Solo (COS, CLC e Copernicus)

A COS é um produto nacional com uma unidade mínima cartográfica de 1 ha e uma distância mínima entre linhas de 20 metros e constitui uma série temporal com cinco anos de referência (1995, 2007, 2010, 2015 e 2018).

A nomenclatura da COS sofreu uma reformulação para a produção da COS2018 no âmbito de um grupo de trabalho da Comissão Nacional do Território (CNT), coordenado pela DGT, o qual reuniu entidades relevantes nos domínios do uso e da ocupação do solo. A nova nomenclatura passou a incluir 83 classes, i.e., mais 35 classes do que a anterior COS2015, com níveis de desagregação reajustados. O mesmo grupo da CNT decidiu similarmente alterar a designação de algumas classes e densificar algumas definições.

Tendo em vista garantir a consistência espacial e temática da série COS, a DGT está agora a produzir novas versões das COS antecedentes (1995, 2007, 2010 e 2015), corrigindo alguns lapsos entretanto detetados e adaptando as nomenclaturas. Este trabalho, a concluir em 2021, é crucial para possibilitar análises de dinâmica do uso e ocupação do solo para Portugal Continental. Até lá, a COS2018 que agora se disponibiliza não pode ser comparada com as existentes versões da COS1995, COS2007, COS2010 e COS2015 disponibilizadas pela DGT no seu portal e através do SNIG.

A Direção-Geral do Território (DGT) está a desenvolver métodos baseados em Inteligência Artificial para produção de mapas de ocupação do solo e deteção de alterações com base em séries temporais intra- e inter-anuais de imagens de satélite Sentinel-2 e conhecimento pericial. Os mapas resultantes diferem da atual Carta de Uso e Ocupação do Solo (COS) da DGT na medida em que representam a ocupação do solo em 13 classes em formato raster (pixels de 10 metros), enquanto a COS representa também classes de uso do solo em formato vetorial com uma unidade mínima cartográfica de 1 ha. Os novos mapas têm sido designados por COSsim (COS simplificada). No final de 2020 a DGT termina a primeira COSsim para Portugal Continental, tendo 2018 como ano de referência. A COSsim é um produto experimental, tem metadados no SNIG e pode ser disponibilizada a pedido. 

O Sistema de Monitorização de Ocupação do Solo (SMOS) consiste num conjunto de serviços e processadores a implementar na infraestrutura tecnológica da DGT que se baseiam em algoritmos de Inteligência Artificial para produzir um conjunto de produtos cartográficos de uso e ocupação do solo a partir de imagens de satélite e de informação geográfica de suporte. O SMOS mantém a produção da atual COS, mantendo a sua periodicidade de três em três anos mas evoluindo para um novo modelo de dados orientado por objetos, e passará a integrar um conjunto de produtos novos, nomeadamente a COSsim de produção anual e um conjunto de mapas mensais com a caracterização do estado da vegetação.

O SMOS enquadra-se na estratégia da DGT para disponibilizar informação sobre o uso e ocupação do solo com regularidade e fiabilidade através de processos de produção mais eficientes e tecnologicamente mais evoluídos, diminuindo o tempo entre o ano da aquisição dos dados base e o ano da disponibilização da informação produzida ao público.

A COS2018 foi produzida em 9 meses sendo, pela primeira vez, disponibilizada no ano imediatamente após a aquisição dos ortofotos utilizados na sua produção. A COSsim de um determinado ano será disponibilizada no início do ano seguinte.

O CLC é uma cartografia europeia produzida pela DGT em coordenação com a Agência Europeia do Ambiente (EEA). Tem uma unidade mínima cartográfica de 25 hectares e 44 classes temáticas, e inclui uma série temporal com cinco anos de referência (1990, 2000, 2006, 2012 e 2018).

Existem ainda produtos de monitorização de ocupação do solo (HRL e VHRL), desenvolvidos no âmbito do Programa Copernicus pela Agência Europeia do Ambiente (EEA), para Portugal e que contam com a colaboração da DGT.

Temas de grande resolução (HRL):

  • Grau de Impermeabilidade 2006-2009-2012-2015
  • Grau de Coberto Florestal 2012-2015
  • Tipo de Folhagem Dominante 2012-2015
  • Pastagens 2015
  • Zonas Húmidas e Corpos de Água 2015
  • Índice de Probabilidade de Zonas Húmidas e Corpos de Água 2015

Temas de muito grande resolução (VHRL):

  • Atlas Urbano 2006 e 2012
  • Atlas Urbano Árvores 2012
  • Zonas Ripícolas 2012
  • Sítios Rede Natura2000 2006 e 2012

A DGT

Direção-Geral do Território
Rua Artilharia 1, 107
1099-052 Lisboa
Portugal

Telefone (+351) 21 381 96 00
Contactos