Saltar para o conteúdo principal
47 AIGP preparam o futuro - Segurança, coesão e desenvolvimento

47 AIGP preparam o futuro

Segurança, coesão e desenvolvimento

"Há uma coisa que nós todos aprendemos", afirmou o Primeiro Ministro António Costa, “o que protege verdadeiramente as populações não é o helicóptero que chega para apagar o fogo. O que protege verdadeiramente as populações é ter uma paisagem, um território, um conjunto de produções no terreno que geram rendimentos, que fixam populações e que as protejam no momento em que sabemos que o fogo chegará”. Salientou ainda que “é esse país mais seguro, de maior rendimento, de maior coesão e de maiores oportunidades para todos que estamos aqui a desenhar a partir deste programa”.

O investimento do PRR e do Fundo Florestal Permanente destina-se a criar condições de resiliência e de desenvolvimento económico e social em zonas de área florestal historicamente fustigadas pelos incêndios. As AIGP são unidades territoriais com uma dimensão adequada ao desenvolvimento de uma gestão florestal ativa, envolvendo os proprietários, associações e municípios.

Não se trata de agir na prevenção dos fogos, mas sim de criar condições de futuro, garantindo o desenvolvimento económico e social, com inovação, valorizando os ecossistemas e promovendo produtos com valor acrescentado para os cidadãos.
O secretário de Estado, João Paulo Catarino, fez questão de agradecer a intervenção e contributo imprescindíveis da Direção Geral do Território em todo o processo de criação das AIGP.

Despacho conjunto - Despacho n.º 7109-A/2021

Investimento PRR

Leia também sobre Resiliência e valor na economia da floresta aqui

A DGT

Direção-Geral do Território
Rua Artilharia 1, 107
1099-052 Lisboa
Portugal

Telefone (+351) 21 381 96 00
Contactos